10 erros comuns sobre o ensaio por líquido penetrante

  •  

Revelamos concepções equivocadas comuns sobre a inspeção por líquido penetrante que observamos em campo nos últimos anos

Cheri Stockhausen, Gerente de Produto

 

O método de ensaios não destrutivos por líquido penetrente desde os anos 1940. Mas mesmo depois de ser usado por gerações de profissionais de END, ainda existem algumas áreas de confusão ou equívocos comuns.

Conheça as 10 percepções incorretas que observamos no campo nos últimos anos.

 

1. O penetrante com alta sensibilidade é o melhor para a minha aplicação

O melhor penetrante para uma aplicação é o que encontra as indicações corretas com a menor quantidade de dinheiro e tempo. Às vezes isso significa não usar o penetrante de sensibilidade mais alta.

Embora seja verdade que um penetrante de sensibilidade mais alta revela indicações para descontinuidades muito pequenas, um penetrante de sensibilidade mais alta provavelmente não produzirá os melhores resultados de inspeção se for necessário encontrar descontinuidades médias, pois serão vistas mais indicações do que as relevantes para a inspeção.

Para iniciar a seleção de um penetrante, examine todas as especificações e procedimentos de trabalho aplicáveis quanto aos níveis de sensibilidade necessários.

Considere o acabamento superficial e a configuração da peça.

Um penetrante fluorescente com alto nível de sensibilidade é apropriado para superfícies lisas e altamente usinadas. No entanto, um penetrante fluorescente com alto nível de sensibilidade pode deixar um fundo com excesso de fluorescência em uma peça fundida áspera, dificultando a inspeção. 

Um penetrante fluorescente com sensibilidade mais baixa é uma escolha melhor para superfícies rugosas.

Veja abaixo as comparações entre os produtos:

Comparação entre Líquidos Penetrantes Fluorescentes

Comparação entre Líquidos Penetrantes Visíveis

Comparação entre Reveladores para Ensaio por Líquido Penetrante

Comparação entre Emulsificadores e Removedores para Ensaio por Líquido Penetrante

 

2. Uma indicação de penetrante é uma descontinuidade

Uma indicação de penetrante é o resultado ou resposta visual do ensaio de líquido penetrante e deve ser interpretado para determinar sua relevância.

As indicações de penetrante devem ser avaliadas por um inspetor qualificado para determinar se são relevantes ou não.

As peças podem apresentar indicações não relevantes devido a rugosidades ou uniões inerentes à superfície. Impressões digitais ou fibras também podem causar indicações não relevantes.

Indicações relevantes resultam de descontinuidades ou interrupções na estrutura física de um objeto e são avaliadas conforme critérios de aceitação. Após a avaliação, a peça é aceita como está, retrabalhada ou descartada.

 

3. Penetrantes laváveis a água são a base de água

Alguns penetrantes laváveis a água são a base de água. Mas nem sempre esse é o caso. Um penetrante pode ser lavável a água e não conter água.

Os penetrantes laváveis a água contêm sulfactantes que permitem que o penetrante seja facilmente removido da superfície da peça pelo enxágue com água, independentemente de serem a base de água ou a base de óleo.

 

4. Penetrantes são utilizados somente em metais não ferrosos

Os penetrantes podem ser usados para inspecionar metais ferrosos e não ferrosos.

A inspeção por líquido penetrante encontra descontinuidades abertas para a superfície em metais ferrosos e não ferrosos.

O ensaio de líquido penetrante não deve ser feito em superfícies porosas, pois os poros atuam como descontinuidade onde o penetrante fica retido, prejudicando a precisão da inspeção.

 

5. O penetrante pode penetrar em uma descontinuidade que contenha água

O penetrante não pode entrar em uma descontinuidade se ela já estiver cheia com água ou outro líquido.

Da mesma forma, o penetrante não desloca nem atravessa tinta, partículas, óleo ou graxa.

Este é um dos motivos pelo qual a limpeza e secagem adequadas das peças é pré-requisito importante para a validade de uma inspeção por líquido penetrante.

 

6. São necessários tanques e uma cabine de inspeção para a inspeção por líquido penetrante

A inspeção por líquido penetrante adapta-se facilmente a diferentes ambientes e locais de trabalho.

É comum encontrar sistemas de inspeção por líquido penetrante com tanques estacionários e cabines em ambientes de produção. No entanto, os líquidos penetrantes fluorescentes e visíveis estão disponíveis em aerossol e kits para proporcionar maior conveniência e portabilidade.

 

7. Para realizar uma inspeção por líquido penetrante, somente o penetrante é necessário

Para realizar uma inspeção por líquido penetrante lavável a água são necessários, no mínimo, o penetrante e o revelador.

São necessários produtos adicionais, como limpadores/removedores e emulsificadores, para inspeções por líquido penetrante removível por solvente e pós-emulsificável.

 

8. É necessária iluminação especial para a inspeção por líquido penetrante

Os penetrantes fluorescentes requerem inspeção em uma área escurecida com a necessidade de uma luminária de luz ultravioleta conforme as especificações. As luminárias de luz UV podem ser estacionárias/fixas ou portáteis para flexibilidade e portabilidade.

A inspeção com líquidos penetrantes visíveis requer apenas uma luz branca adequada geralmente com no mínimo 100 FC.

 

9. A inspeção por líquido penetrante deve ser a verificação final de um processo de fabricação

A inspeção por líquido penetrante é útil imediatamente após qualquer processo de fabricação que possa causar descontinuidades. Isso permite que as peças sejam retrabalhadas ou descartadas o quanto antes no processo de fabricação, o que economiza tempo e custo.

Às vezes, a inspeção por líquido penetrante pode ser realizada mais de uma vez durante a fabricação de uma peça.

A posição de cada processo de inspeção por líquido penetrante no fluxo do processo deve ser otimizada para identificar descontinuidades induzidas pela fabricação e reduzir a quantidade de sucata ou retrabalho em pontos posteriores do processo.

 

10. A inspeção por líquido penetrante pode ser feita em qualquer ponto do processo de fabricação

Como vimos, é importante realizar a inspeção por líquido penetrante após operações de fabricação que possam causar descontinuidades abertas à superfície nas peças.

No entanto, deve-se ter o cuidado de realizar a inspeção por líquido penetrante antes de operações mecânicas que desgastarão a superfície metálica. Operações mecânicas como jateamento, martelagem ou esmerilhamento podem fechar as descontinuidades superficiais, impedindo que a inspeção por líquido penetrante posterior identifique essas descontinuidades.

A inspeção por líquido penetrante deve ocorrer antes da operação de usinagem, como jateamento, martelagem ou esmerilhamento, a menos que seja possível utilizar decapagem química entre essas operações e o ensaio de líquido penetrante possa ser utilizado para expor as descontinuidades de modo confiável.

 

Tem alguma dúvida sobre ensaios não destrutivos? Entre com contato com a nossa equipe.

Conheça nossas soluções para ensaios não destrutivos para inspeções por líquido penetrante.

 

Please wait while we gather your results.

Artigos Relacionados

No documents were found matching your criteria.

Cadastre-se para receber nossas notícias:

Magnaflux

Av. Jorge Alfredo Camasmie, 670
Embu das Artes / SP
CEP 06816-050 
Tel: +55 (11) 5197.7500

 

Select Your Country North America Mexico Brazil China Europe Russia India New Zealand, Australia, Japan, Southeast Asia
© 2021 Magnaflux - Todos os direitos reservados.
top

Colocamos cookies no seu computador para oferecer a melhor experiência possível com o nosso site. Esses cookies também são utilizados para garantir que mostramos um conteúdo que é relevante para você. Se você continuar sem alterar suas configurações, estará concordando com nosso uso de cookies para melhorar sua experiência do usuário. Você pode clicar no link de configurações de cookie em nosso site para alterar suas configurações de cookies a qualquer momento.