ASTM E1444: Principais alterações e atualizações

  •  

Em outubro de 2021, a ASTM E-1444 foi publicada, substituindo a revisão de 2016. Esta revisão é parte de um ciclo de revisão padrão para abordar as mudanças na indústria aeroespacial.

Esta nova revisão da ASTM E1444 foi lançada e muitas coisas estão mudando. No total, mais de setenta alterações e atualizações estão em vigor nesta especificação. Aqui, listamos várias destas alterações significativas das quais você deve estar ciente.

 

1. A E-1444 se tornará uma norma apenas aeroespacial

Existem diferenças significativas na inspeção de partículas magnéticas no segmento Aeroespacial em comparação com outras indústrias. Além das verificações do processo, existem restrições sobre os tipos permitidos de materiais e equipamentos. Em vez de tentar acomodar todas as aplicações possíveis com uma única norma, o escopo do E1444 está mudando para se concentrar apenas na indústria aeroespacial. Os usuários não-aeroespaciais terão que mudar para a Prática Padrão E-3024 para Testes de Partículas Magnéticas para a Indústria em Geral.

 

2. Sem Partículas Visíveis ou Secas

Um efeito da mudança de escopo para apenas aeroespacial é a remoção de todas as referências de materiais de partículas magnéticas visíveis - apenas partículas magnéticas fluorescentes úmidas fazem parte desta revisão mais recente. Se a sua aplicação é de partículas magnéticas visíveis com ou sem contraste ou, ainda, de partícula magnética seca, você precisará mudar para E3024 como sua norma padrão.

 

3. Remoção de técnicas e acessórios de magnetização geral industrial

Com a transição para o escopo apenas aeroespacial, os seguintes acessórios e técnicas também foram removidos desta nova versão da E-1444:

 

  • Tiras de fluxo laminado (padrão Castrol)
  • Padrão Octogonal (Pie Field Indicator)
  • Yokes alimentados por bateria
  • Yokes de ímã permanente
  • Magnetizadores por pressão de contato
  • Prods
  • Dispositivos de sensibilidade de partículas (cartões magnéticos, blocos MTU, etc.)

Os Yokes portáteis, em geral, só serão permitidos com autorização prévia da Cognizant Engineering Organization (CEO) ou Nível III. Técnicas especializadas como pastas magnéticas para uso subaquático, polímeros magnéticos, fitas e filmes também não estão mais incluídas nesta nova revisão E-1444.

Se a sua aplicação se utiliza de qualquer um desses materiais ou técnicas, você precisará mudar para a E-3024 como sua norma padrão.

 

4. Mudanças nos controles de processo e nas calibrações

A Tabela 1 da E-1444 especifica todos os controles de processo e calibrações necessários e a frequência em que cada um deve ocorrer. Todas as mudanças nesta revisão envolvem lâmpadas UVa. Os novos requisitos exigem a verificação da intensidade das luzes alimentadas por bateria antes e depois de cada uso. Isso garante que uma queda na saída da bateria não tenha causado a queda da intensidade de UV abaixo dos níveis mínimos exigidos. A integridade de todas as lâmpadas UVa agora deve ser concluída diariamente, em vez de semanalmente. Não é especificado na Tabela 1 (em vez disso, consulte a seção 7.4.5), mas esta revisão também requer a verificação das lâmpadas LED UVa diariamente para garantir que todos os diodos estejam funcionando.

 

5. Não há mais anéis de Ketos (conhecido como Ketos Ring)

Já se passaram mais de 20 anos desde a publicação do AS-5282 padronizando o anel de aço (Ketos Ring) como uma ferramenta para avaliação do desempenho do sistema de magnetização. Desde então, os Anéis classificados como AS-5282 tiveram melhor desempenho magnético do que os antigos Anéis de Ketos convencionais devido à liga mais rígida e ao controle no tratamento térmico, na fabricação do bloco. Como transição para o novo modelo, haviam permanecido, até então, os dois modelos, de modo a atender os sistemas existentes e os equipamentos mais antigos. Porém, com a nova revisão, o Anel Ketos convencional não está mais homologado e somente os Anéis de Ketos AS-5282 serão aceitos, nesta nova revisao.

 

6. Remoção das fórmulas para determinação das correntes adequadas

As fórmulas usadas para calcular a corrente de magnetização existem há mais de um século. Eles são mais usadas em programas de treinamento de Partículas Magnéticas e para desenvolver uma técnica de ensaio para uma nova peça. Mas a geometria de peças do mundo real nem sempre é tão simples e as fórmulas são apenas um ponto de partida, na melhor das hipóteses. Para aplicações aeroespaciais, o Nível III é responsável por determinar a corrente necessária para a magnetização adequada de uma peça ou área. Isso normalmente é feito com amostras da própria peça e com os padrões IQQs e o uso de Gaussmeters, não com cálculos. Embora as fórmulas não estejam mais na E-1444, elas permanecerão no Guia Padrão E-3024 e na E-709 para os ensaios de partículas magnéticas, mas apenas para fins de referência e treinamento.

 

7. Exigida a inspeção antes da desmagnetização

A inspeção visual das peças antes da desmagnetização agora é explicitamente exigida pela ASTM E1444. A inspeção das peças após o “demag” aumenta a probabilidade das partículas se soltarem de uma indicação, aumentando o risco de se perder uma indicação anteriormente formada, podendo levar a um erro na interpretação de uma descontinuidade ou defeito. Embora isso seja provavelmente evidente para a maioria dos profissionais de MPI, nunca foi explicitamente mencionado nas revisões anteriores da E-1444.

 

8. Descarte os banhos turvos de partículas magnéticas

Os banhos de partículas magnéticas podem ficar turvos com o tempo por vários motivos. A contaminação por lubrificantes, desmoldantes ou outros fluídos de usinagem pode tornar o banho turvo e, às vezes, adiciona uma fluorescência azulada ao banho.

Um banho turvo também pode ser um sinal de que as partículas estão começando a se decompor. A fluorescência verde-amarelada brilhante observada flutuando no líquido depois que as partículas decantaram é o sinal mais comum de quebra das partículas.

A E-1444 agora requer que a porção líquida seja avaliada quanto à clareza sob luz visível e UV após o teste de concentração de partículas. Se as marcas de graduação no tubo centrífugo (tubo de decantação) em forma de pêra (entre as marcas de 5 e 25 ml) não forem visíveis, o banho deve ser descartado.

Please wait while we gather your results.

Artigos Relacionados

4 hábitos seguros para o manuseio de aerossol nos END

4 hábitos seguros para o manuseio de aerossol nos END

A segurança é um fator decisivo no mundo de um técnico - listamos detalhes sobre riscos, armazenamento, reciclagem e envio de aerossóis para realizar seus END.

Leia mais

Desenvolvedor de Pó Contaminado

9 Verificações diárias de desempenho de sistemas de inspeção de líquidos penetrantes

Saiba mais sobre por que as verificações diárias de penetração são importantes para a integridade de seus sistemas LPI

Leia mais

AMS 2644 Revisão G: Principais alterações e atualizações

AMS 2644 Revisão G: Principais alterações e atualizações

Em 8 de abril de 2019, a AMS 2644G1 foi publicada, substituindo a revisão de 2013. Esta revisão foi concluída como parte de um ciclo de revisões padrão e para abordar as mudanças na indústria e as deficiências da revisão anterior.

Leia mais

Em outubro de 2021, a norma ASTM E1417 foi publicada, substituindo a revisão de 2016

ASTM E1417: Principais mudanças e atualizações

Em outubro de 2021, a norma ASTM E1417 foi publicada, substituindo a revisão de 2016. Esta revisão foi concluída como parte de um ciclo de revisão padrão e para abordar as mudanças na indústria

Leia mais

Em outubro de 2021, a ASTM E-1444 foi publicada, substituindo a revisão de 2016.

ASTM E1444: Principais alterações e atualizações

Em outubro de 2021, a ASTM E-1444 foi publicada, substituindo a revisão de 2016. Esta revisão é parte de um ciclo de revisão padrão para abordar as mudanças na indústria aeroespacial.

Leia mais

Como o teor de água afeta a viscosidade do líquido penetrante fluorescente [estudo de caso]

Como o teor de água afeta a viscosidade do líquido penetrante fluorescente [estudo de caso]

Neste estudo de caso, mostramos como um cliente trabalhou com os especialistas em qualidade da Magnaflux para analisar tendências de dados no líquido penetrante fluorescente para manter a conformidade

Leia mais

NADCAP e defeitos conhecidos

Entenda a verificação de desempenho do sistema Nadcap e dos padrões de defeitos conhecidos

A demonstração adequada da verificação de desempenho do sistema foi a constatação de auditoria nº 2 da Nadcap para sistemas de líquido penetrante. O que você precisa fazer para cumprir?

Leia mais

Entenda as FISPQs

Entenda as fichas de dados de segurança: Você sabe o que há nos produtos químicos que manipula?

Destacamos as cinco seções principais para compreender uma Ficha de dados de segurança (FISPQ) de acordo com as regulamentações americanas de Classificação e rotulagem de produtos químicos (GHS) Hazcom 2012 da OSHA

Leia mais

Equipamento para inspeção por líquido penetrante

Equipamento para inspeção por líquido penetrante — Soluções personalizadas para necessidades únicas [vídeo]

Neste artigo, mostramos exemplos de como a Magnaflux pode personalizar o equipamento de líquido penetrante para atender aos requisitos de tamanho de peça e área útil

Leia mais

Três etapas para definir um método de inspeção por líquido penetrante

Escolhendo um método de inspeção por líquido penetrante [Checklist]

Três etapas para definir um método de inspeção por líquido penetrante por meio de especificações de controle, composição de peças e bloco padrão para ensaio

Leia mais

Inspeção de blindagens de proteção com líquido penetrante fluorescente [estudo de caso]

Inspeção de blindagens de proteção com líquido penetrante fluorescente [estudo de caso]

Neste estudo de caso, mostramos como as soluções de um fornecedor de blindagens aumentaram o controle de qualidade em uma superfície semiporosa

Leia mais

AMS 2644 - Níveis de sensibilidade do líquido penetrante

Um guia para os níveis de sensibilidade de líquidos penetrantes conforme AMS 2644

Compreenda os níveis de sensibilidade do líquido penetrante fluorescente e como encontrar o nível correto para sua aplicação

Leia mais

Inspeção por líquido penetrante Magnaflux

Uso de líquido penetrante fluorescente para detecção de vazamento no sistema de ventilação [Estudo de caso]

Descubra como um fabricante de sistemas de ventilação completos reduziu os custos e manteve a qualidade utilizando os líquidos penetrantes fluorescentes da Magnaflux.

Leia mais

Uso do emulsificador hidrofílico de método D

Uso do emulsificador hidrofílico de método D

Conheça o método de ensaio não destrutivo, inspeção por líquido penetrante, Método D, incluindo as etapas básicas de como usar um refratômetro, preparação de uma tabela de concentração de emulsificador e determinação da concentração de emulsificador hidrofílico

Leia mais

Ensaio por Líquido Penetrante Magnaflux

10 erros comuns sobre o ensaio por líquido penetrante

Confira as concepções equivocadas comuns sobre a inspeção por líquido penetrante que observamos em campo nos últimos anos

Leia mais

Inspeção com Líquido Penetrante Visível

Aprimore as inspeções de solda com líquido penetrante visível [Estudo de caso]

Neste artigo, mostramos como uma empresa de engenharia e fabricação aumentou a detecção da inspeção de ensaio não destrutivo de soldas usando o SKL-WP.

Leia mais

Ensaio de Líquido Penetrante em Tubo

Como as baixas temperaturas afetam o ensaio por líquido penetrante

veja como baixas temperaturas de inspeção afetam o desempenho dos limpadores, do penetrante e dos reveladores no ensaio por líquido penetrante

Leia mais

ST700

Como aumentar a velocidade e a confiabilidade de ensaios não destrutivos nas inspeções de alto volume com iluminação LED UV [Estudo de Caso]

Neste artigo, mostraremos como o fabricante de fundição automotiva reduziu o manuseio da peça enquanto aumentava a velocidade e a confiabilidade da inspeção com iluminação LED UV de feixe amplo.

Leia mais

Demonstração de Ensaio por Líquido Penetrante Fluorescente

Como fazer um ensaio de líquido penetrante fluorescente

Veja uma demonstração do método de ensaio não destrutivo por líquido penetrante fluorescente de acordo com a ASTM E1417, incluindo os passos básicos de ensaio utilizando um penetrante AMS 2644 - Tipo 1.

Leia mais

Ensaio por líquido penetrante Magnaflux

Como fazer um ensaio por líquido penetrante visível

Neste artigo, demonstramos como efetuar a inspeção por líquido penetrante usando o penetrante visível superior da Magnaflux

Leia mais

Penetrante em Uso

Como manter o desempenho do sistema de ensaio por líquido penetrante

Saiba como os líquidos penetrantes podem perder performance com o passar do tempo e o que fazer para garantir a sua confiabilidade.

Leia mais

Comparação de Partículas Magnéticas

Como o brilho e o contraste afetam as inspeções de END

Como a percepção e a visão podem ter um impacto significativo na propabilidade de detecção em inspeções de ensaios não destrutivos

Leia mais

Inspeção por líquido penetrante Magnaflux

Compreendendo os testes por amostra, testes por lote e testes de produtos em uso para líquidos penetrantes [Estudo de caso]

Neste estudo de caso, ajudamos um cliente fabricante a compreender as diferenças entre três tipos de testes para líquidos penetrantes

Leia mais

Leak-Detection-Penetrant-Testing

Detecção de vazamento utilizando ensaio não destrutivo por líquido penetrante

No ensaio não destrutivo para detecção de vazamento, o "ponto de vazamento" tem a ver com o orifício físico enquanto "vazamento" refere-se ao fluxo de um fluido por meio de um ponto de vazamento.

Leia mais

Inspeção por líquido penetrante Magnaflux

Líquido penetrante com sensibilidade mais alta melhora a qualidade da inspeção [Estudo de caso]

Neste estudo de caso, ajudamos um cliente aeroespacial a melhorar a qualidade e consistência da inspeção com dois penetrantes Magnaflux

Leia mais

ST700

Luminária LED UV estacionária para inspeções de ensaios não destrutivos [Vídeo]

Conheça a ST700 - A luminária estacionária de luz LED ultravioleta da Magnaflux, desenvolvida especialmente para ensaios não destrutivos de alta performance.

Leia mais

Noções Básicas Sobre Emulsificadores e Saber Quando Usá-los

Noções Básicas Sobre Emulsificadores e Saber Quando Usá-los

Por que um emulsificante é necessário para remover o excesso de penetrante pós-emulsionável e qual é a diferença entre o emulsificante hidrofílico e lipofílico?

Leia mais

Infográfico - Inspeção por Líquidos Penetrantes

O guia definitivo para ensaio por líquido penetrante visível [Infográfico]

Algumas dicas úteis para principiantes que são novos em ensaios por líquido penetrante visível ou para profissionais de ensaios não destrutivos que querem um guia de referência fácil

Leia mais

Revelador Magnaflux

Os benefícios do uso de revelador durante inspeção por líquido penetrante [Estudo de caso]

Saiba como um fabricante do setor automotivo aumentou a detecção de indicações em luz visível e UV utilizando revelador.

Leia mais

Magnaflux Inspeção por lìquidos penetrantes

Penetrante lavável a água X penetrante pós-emulsificável - Qual é a melhor escolha pra você?

Compreenda as diferenças entre penetrante lavável a água e penetrante pós emulsificácel, para saber qual método é a melhor escolha para sua aplicação

Leia mais

Perguntas frequentes sobre luminárias de luz LED ultravioleta para ensaio não destrutivo

Perguntas frequentes sobre luminárias de luz LED ultravioleta para ensaio não destrutivo

Perguntas frequentes sobre luminárias de luz LED ultravioleta para ensaio não destrutivo

Leia mais

Overview of Liquid Penetrant Inspection and Magnetic Particle Inspection Specifications

Visão geral das especificações da inspeção por líquido penetrante e da inspeção por partículas magnéticas

Entenda as especificações ASTM e SAE/AMS para selecionar o produto da Magnaflux correspondente para inspeções por partículas magnéticas e líquido penetrante

Leia mais

Diferenças entre os tipos de reveladores para ensaios não destrutivos

Quais são as diferenças entre os reveladores e quais devo usar para inspeções de líquido penetrante?

Reveladores aumentam a visibilidade de indicações penetrantes, neste blog nós exploramos as várias formas e aprendemos o que as tornam diferentes.

Leia mais

Cadastre-se para receber nossas notícias:

Magnaflux

Av. Jorge Alfredo Camasmie, 670
Embu das Artes / SP
CEP 06816-050 
Tel: +55 (11) 5197.7500

 

Select Your Country North America Mexico Brazil China Europe Russia India New Zealand, Australia, Japan, Southeast Asia
© 2021 Magnaflux - Todos os direitos reservados.
top

Colocamos cookies no seu computador para oferecer a melhor experiência possível com o nosso site. Esses cookies também são utilizados para garantir que mostramos um conteúdo que é relevante para você. Se você continuar sem alterar suas configurações, estará concordando com nosso uso de cookies para melhorar sua experiência do usuário. Você pode clicar no link de configurações de cookie em nosso site para alterar suas configurações de cookies a qualquer momento.